Namoro em 1950

Na década de 50, segundo dona Jutta Hagemann da Cunha 4 3 ,. Segundo a entrevistada, nos bailes de Ano Novo, após a meia-noite, aqueles que estavam no. Clube Joinville dirigiam-se ao Harmonia Lyra, e todos comemoravam juntos. Além do. Muitos bailes ofereciam jantares,. Tensões, trabalhos e sociabilidades:. Naquele tempo se dançava de rosto colado 4 6.

Sobre a idéia do passado como um período melhor do que o. História oral, caminhos e descaminhos.


  • nao quero namorar meme.
  • O namoro de antigamente - GGN.
  • Fazer compras por categoria;

Revista Brasileira de História. Rolf é a pessoa que mais lembrou detalhes e narrou os bailes que freqüentava, nas. A esposa do seu Rolf,. Aqui novamente é possível perceber a idéia de que o. Essa idéia é recorrente para a maioria dos entrevistados, que nas suas falas expressam a idéia de que sua juventude e o passado eram melhores que hoje.

Jornalista da Globo revela rejeição em site de namoro: 'Ninguém interessado em mim'

Joinville, fev. Eu morava ali no [bairro] Floresta né, ali nós tinha muitas amigas assim que. E assim, chegava. A mulher esperava sentada pelo convite dos rapazes. Esse jogo entre rapazes e moças demonstra as relações de gênero vivenciadas na juventude. Segundo Joan Scott, as relações de gênero contribuem para as relações sociais baseadas em diferenças que distinguem os sexos, constituindo uma forma significante de relações de poder.


  • Boletim Coronavírus Blumenau - 15/06/2020;
  • Seu par perfeito no maior site de relacionamento evangélico do Brasil.
  • namoro em rondônia.
  • assistir online warcraft o primeiro encontro de dois mundos dublado.
  • Account Options;

Segundo Anne-Marie Sohn 5 9 , assim como em muitas outras coisas, tratando-se de amor também existe comportamentos que servem de modelo a ser seguido pela maioria. Joinvile, com os quais manteve-se contato na pesquisa, também manifestaram um certo sentimento de que se sentiam pressionados a desempenharem papéis condizentes com uma postura esperada de masculinidade, à altura daquilo que as mulheres esperavam.

Uma marca a gente tinha que. In Temis Parente Org. No prelo. A regra era de conhecimento geral, e citada pela maioria das entrevistadas quando o assunto é baile. A crítica ao comportamento das moças nos leva a pensar que possivelmente o editor do jornal recebeu uma negativa em um baile. Mas as moças tinham suas estratégias para fugir dos rapazes sem serem mal faladas ou. Interessante perceber como as moças se solidarizavam, se uniam em favor da outra, despistando o rapaz indo todas ao banheiro.

Joinville, 01 out. Como lembra seu Reinaldo, o objetivo do ensaio de. Os bailes em salões eram principalmente freqüentados por jovens que moravam nos bairros próximos ao centro. Na memória do seu José ficaram a aparência daqueles. Era um momento de se mostrar para a sociedade, depois de trabalhar a semana.

Estar bem vestido também era importante pois naquela noite poderia conhecer um namorado, ou namorada. Seu Ingo e dona Anni contaram. E como o sr Ingo conhece essa palavra? Talvez leu em alguma fonte ao longo dos anos, ou quem sabe ouviu de alguma pessoa, associando àquilo que ele e os outros jovens faziam nas quartas-feiras. Com este objetivo os médicos aderiram ao amor romântico, inclusive adequando os textos científicos ao gosto e estilo do romantismo 8 3. Essa idéia se confronta com a idéia do passado melhor e respeitoso.

A praça representa a pluralidade de freqüentadores e de possibilidades. As sociabilidades também eram heterogêneas, nem todos os jovens freqüentavam com assiduidade os cinemas, os bailes e a praça. A oralidade permite apreender significados e conotações, pelo tom, ritmo e volume usados pelo narrador, características que muitas vezes a forma escrita é incapaz de revelar. Além das diversões e passatempos principais como o cinema, os bailes e a praça, outras atividades foram citadas. Seu José reforça que a sua rotina era marcada pelo trabalho, e o.

Quando eu era rapaz novo, só saía mesmo domingo à tarde, jogar uma bolinha nos campos por aí, no pasto. Ele participava do Clube de Remo Atlântico, treinava com bastante freqüência e participava de competições, que aconteciam nos meses de maio e setembro. Os treinos e provas reuniam muitos jovens: os moços, competidores e seus amigos, dos dois clubes existentes na cidade: o Cachoeira e o Atlântico; e as moças, as torcedoras dos clubes.

E foi através do remo que o casal Ingo e Anni se conheceram:. As narrativas em tom de nostalgia indicam as saudades do tempo que eram jovens e aos poucos ingressavam na vida adulta, trabalhando, frequentando cinemas e bailes, passeando na praça e iniciando um relacionamento. As primas Gerda e Wally K. A história oral permite conhecermos situações vivenciadas no cotidiano de cada pessoa e sujeito.

Além dos riscos do esquecimento, sabemos que o passado nunca é recuperado; apenas é possível obter interpretações desse passado, influenciadas pelas vivências do presente, e também pelas questões levantadas pelo entrevistador. Assim, com o olhar atual, foi narrada como elemento fundamental a. Como os casais entrevistados pertenciam mais ou menos ao mesmo nível social do outro, relataram que juntos trabalharam, economizaram, fizeram a festa de casamento e construíram sua família. Projeto História, n.

Mantovani vs Percy Faith! Two Fantastic & s Orchestras! {HD} (com imagens) | Canção

Com a burguesia do século XIX o amor passou a ser um componente importante na escolha dos cônjuges, e os pais, mesmo interferindo no namoro dos filhos, tiverem que exercitar a paciência e aceitar suas escolhas. Essa nova forma de pensar condenava o casamento por interesses econômicos, que levavam ao conflito e ao desamor entre o casal 8. A partir de a idéia do casamento por amor percorreu todas as classes sociais, e segundo Anne-Marie Sohn 9 todos passaram a afirmar que as relações matrimoniais deveriam ser baseadas em um sentimento recíproco.

Assim, o casamento por conveniência tornou-se vergonhoso, e o amor passou a ser o alicerce do casal. Enquanto os homens eram associados a estas nomenclaturas citadas, as moças com uma postura. Mantenha uma conduta controlada e normal, agindo como todas as moças de sua idade. Os jornais e a revista Vida Nova eram lidos pelos entrevistados, algumas entrevistadas chegaram até mesmo a colecionar as revistas, mantendo-as bem guardadas até hoje.

Os impressos traziam artigos voltados à leitura feminina, e em forma de conselhos, expunham comportamentos que tanto deveriam ser assumidos como aqueles que deveriam ser evitados pelas mulheres, tornando-se assim, um instrumento normatizador de condutas. Joinville, 9 out. Interessante perceber que a longa lista dos comportamentos desejados e indesejados diz respeito apenas às posturas femininas, tanto os aconselhamentos, as notas de boas maneiras, os artigos, todos se referem ao comportamento feminino, inexiste nos jornais e revista, aconselhamentos sobre a postura masculina, ou atitudes que agradam ou desagradam às mulheres.

Sobre as características do parceiro ou parceira ideal, dona Luíza e seu Rolf nos explicam:. Tinha moças direita e tinha moças que facilmente se doava né. Joinville, fevereiro de , p.

Muito mais do que documentos

Seu Rolf complementa:. É, se aproveitavam mas. Percebe-se através dos relatos a existência de papéis de gênero, indicando comportamentos adequados a homens e mulheres, a cobrança por parte da sociedade, de diferentes posturas, conforme o sexo do jovem. Esta postura reflete a. Conduzindo para esta forma de. Joinville, 12 mar. Essa idéia de unidade religiosa era. Que sabe dos homens e das mulheres? A Notícia , Joinville, 9 out. Joinville, dezembro de Isso meus pais sempre eram contra.

SME vai transmitir treinamentos por meio de lives no Facebook

Dona Anni passou pelas mesmas instruções:. Os entrevistados sentem certo. Um exemplo é a cidade de Brusque: os estudos de Renzo Grosselli apontam que entre e ocorreram 1. Vencer ou Morrer. Camponeses trentinos vênetos e lombardos nas florestas brasileiras. Neste contexto, o papel da família é reforçado.

Enfim, uma sociedade com características próprias, proporcionando diferentes vivências para aqueles rapazes e moças que estavam à procura de seus pares. Ah, eu tive uma briga com a minha família, porque eu namorava com uma morena. Joinville, agosto de , p. Joinville, setembro de , p.

Como eram os namoros antigamente?

Percebe-se aqui a necessidade de esclarecer e resolver. Espaços de sociabilidade e o. Florianópolis, Joinville, O próprio grupo que organizou as comemorações,. Percebe-se nos relatos que as experiências de quem sofreu algum preconceito ou privações oriundas de diferenças étnicas ficaram marcadas na memória, tanto para a mulher,. Tempo de lembrar, tempo de esquecer 5 0 Luíza G. Na maioria dos casais entrevistados as moças iniciaram seus relacionamentos, entre 15 e 16 anos, e os rapazes entre 16 e Na maioria dos casais ambos desempenhavam funções em empresas, e casaram-se depois de vivenciadas as fases do namoro e do noivado.

No casal citado, ela era sete anos mais velha do que ele, contando com 25 anos enquanto ele possuía É possível perceber uma postura de liderança por parte de dona Luíza, numa sociedade dominada por homens.